Autor: Regina Célia Campagnoli Loureiro

Ano: 2005

Resumo: Nas últimas décadas, numerosos estudos de usuários dos serviços de bibliotecas e  centros de documentação têm sido realizados com o intuito de constatar perfis de interesse e, com base nestes, estruturar sistemas que possam suprir necessidades de informação provenientes de questões múltiplas. Figuram, nesse processo, dois pólos de ação. De um lado está o usuário, cuja satisfação é o fim último desses estudos e a quem cabe elucidar ao máximo os termos da pesquisa. Do outro, o bibliotecário, ou gestor da informação, cuja função é investigar o desejo do usuário e aparelhar o sistema de forma a dotá-lo de mecanismos eficazes de recuperação de dados.

[box type=”download”] Clique para acessar este artigo[/box]

Veja também

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

dois × dois =