Notícias
Escola Técnica no Maracanã inaugura espaço e usa técnicas de conservação para preservar o acervo da escola

Fonte:  Imprensa RJ Notícias

Espaço usa técnicas de conservação para preservar o acervo da escola

Em uma iniciativa pioneira, a Faetec Ferreira Viana, localizada do Maracanã, abriu recentemente o Laboratório de Conservação de Documentos Históricos. O espaço vai garantir a preservação do acervo da escola, por meio da aplicação das técnicas de conservação nos documentos em papel, possibilitando a classificação e a divulgação do material. Com modernos equipamentos, a equipe de profissionais utiliza procedimentos de conservação, que atendem a critérios técnicos do Arquivo Público do Estado do Rio de Janeiro.

– Este projeto da Faetec, com apoio da Faperj, é uma grande contribuição para entendermos a cidade, estudarmos sua história e construirmos um futuro melhor para todos – disse o secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação, Gustavo Tutuca.

Desenvolvido e coordenado pelas professoras Karina Navarro, Mariana Ferreira de Melo e Thaysa Segal, a proposta do laboratório é expandir a produção do conhecimento histórico relacionado à escola a partir de atividades voltadas para a preservação do patrimônio histórico institucional.

– A ideia é estimular as atividades de pesquisa, que potencializem o desenvolvimento dos alunos – afirmou a professora Karina Navarro.

Em 1888, a Faetec Ferreira Viana abrigou crianças abandonadas após o período de escravidão. A escola completou 127 anos em 2015.

Como é feito o trabalho

O trabalho realizado pela equipe do laboratório deve ser bem cuidadoso. O diag- nóstico é a primeira etapa do processo de conservação, em que é definida a ordem de tratamento do acervo. São observadas as condições de cada arquivo e avaliados os possíveis danos biológicos, físicos e químicos. O registro dos dados é feito em ficha técnica para consulta.

Em seguida, é feita a higienização mecânica e química, eliminando os contaminantes do documento com máquinas e produtos específicos. Um equipamento chamado filtro deionizador permite que a água utilizada em alguns procedimentos esteja livre de componentes orgânicos e inorgânicos, inclusive de metais pesados.

O acondicionamento é a etapa final. Os documentos devem ser armazenados de forma criteriosa, de acordo com as condições físicas, de tamanho e de peso de cada obra. O acervo é guardado em embalagens produzidas com materiais do tipo polionda, papel alcalino e poliéster.

 

*Foto do topo: Reprodução

Veja também

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

dois + dois =